Pensão por Morte

Auxílio para parentes e dependentes em caso de morte do contribuinte, sem carência e apenas com a necessidade que o falecido se encontrasse em dia com o INSS.

Nesse caso a pensão pode ir para três tipos de beneficiários. O Classe 1, dizendo respeito a esposas (os), companheiros (as)(incluindo homossexuais e heterossexuais), filhos menores de 21 anos, enteados ou tutelados. Já Classe 2 dizendo respeito a pais e 3, irmãos mais novos que 21 anos ou inválidos.

Em caso de mais de um dependente, o benefício é dividido em partes iguais. Além disso, a Pensão por Morte deixa de ser paga em caso da morte do receptor, emancipação de menores de 21 anos e recuperação de inválidos.

Artigos relacionados:

6 thoughts on “Pensão por Morte”

  1. Meus pais faleceram no mesmo dia e ficamos com algumas dividas, minha irmã não trabalhava fora para cuidar deles já que eram doentes, neste caso ela pode ficar dependente de algum deles?

  2. Bom dia. Solicitei a pensão por morte, meu marido faleceu em outubro, dei entrada nesse mesmo mês e agora me vejo com um processo indeferido, querendo entrar com recurso e não consigo, agendar pela internet, impossível só em agosto, pelo 135, escuto a orientação disco os números só está ocupado. Não sei a quem recorrer. Me dê uma luz por favor. Estou solicitando quase implorando por uma coisa que tenho direto.

  3. O mais chato é que tenho 29anos me mandarão embora do meu emprego porque minha mãe estava com câncer terminal e eu faltava para cuidar dela e não tenho direito a nenhum benefício … Agora o meu padrasto que não esteve presente na hora que ela
    Mais precisou , ele abandonou ele e tem direito a pensão … Como pode uma coisa dessa , tinha que ser Brasil .

  4. Eu queria recuperar minha pensão porque eu tinha e inventei de colocar no nome de meu filho aí ele aí ele completou vinte anos aí foi bloqueado aí eu nunca consigo resolver

  5. Prezado servidor ,

    Ocorre que o pedido de Pensão por Morte Urbana está desde JULHO/18 e não se tem uma definição . A pessoa precisa demais do benefício .Há sentença transitada em julgado reconhecendo a união estável da companheira . Está no Posto da Pedro Lessa, Centro do RJ

    Data da Solicitação:
    12/07/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


Facebook Previdência Social

Sobre o Website

O site SocialPrevidência.com.br, tem como objetivo levar informações e dicas importantes ao visitantes do website que buscam saber mais sobre a Previdência Social.

Este website não é oficial do Governo, portanto caso queira informações realmente oficiais acesse: www.previdencia.gov.br